Paulinho marca dois gols e Vasco vence o Atlético-MG fora de casa

A equipe que até pouco tempo atrás era considerada cheia de veteranos agora mostra a força da garotada. Formado nas categorias de base do Vasco, Paulinho, de apenas 17 anos, teve belíssima atuação e marcou os dois gols da vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, no Independência, neste domingo, pelo Brasileirão. Yago fez o de honra dos mineiros.

Logo aos dois minutos do primeiro tempo, Bruno Paulista chutou forte em cobrança de falta e a bola passou por cima. Era a senha de que o Vasco iria dar trabalho aos donos da casa, que entraram em campo com um time misto. Fred, um dos poucos titulares, saiu machucado, aos 11. Foi um golpe duplo no Galo: aos 13, Paulinho recebeu uma linda bola de Escudero na área e tocou na saída de Giovanni para abrir o placar.

O empate do Atlético veio aos 17, em uma bobeira de Bruno Paulista, que tentou driblar dois e perdeu a bola. Sobrou para o volante Yago, que arriscou de fora da área e acertou um lindo chute. A bola bateu no travessão e quicou dentro do gol. Rafael Moura ainda tentou ampliar aos 23, mas bateu na trave.

DECISIVO DE FORA DA ÁREA

O Vasco viu a reação do Atlético-MG e decidiu recuar. A volta para o intervalo teve a mesma tônica do fim do primeiro tempo: um Atlético disposto a virar e um Vasco à procura de brechas para matar o jogo. Aos oito minutos, Paulinho perdeu a bola, Cazares armou o contra-ataque e tocou para Rafael Marques, que obrigou Martín Silva a espalmar para escanteio.

O gol da vitória, aos 24 minutos, foi outra demonstração da juventude cruzmaltina. Guilherme, que entrou no segundo tempo, puxou contra-ataque e tocou para Paulinho. Ele acertou um belo chute de fora da área, dando o troco na mesma moeda.

“Trabalho muito para ter um momento como esse, e fico feliz de fazer os dois gols que deram a vitória ao Vasco”, disse Paulinho, que pediu a camisa de Fred no fim do jogo no Independência.

MAIS NOTÍCIAS DE HOJE:

Giacomini vê falta de confiança do Atlético como motivo de outra derrota em casa

Coritiba lamenta desatenção após bom segundo tempo diante do Flamengo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *